Postagens

O destino de uma nação

Imagem
Acabo de assistir à O destino de uma nação.
Filme indicado ao Oscar de 2018 e que traz no seu papel principal Gary Oldman que levou a estatueta como melhor ator.
Existem incontáveis filmes que tratam sobre as guerras mundiais, especialmente a segunda guerra e o espírito ariano comandado por Hitler. Ou essas obras falam diretamente da guerra, ou trazem de pano de fundo esse cenário para desenhar romances ou relatos reais de uma maneira cinematográfica. Mas isso não é exatamente o que ocorre aqui, nestas quase duas horas de exibição sobre a vida de um dos homens mais fundamentais para a Inglaterra daquele período.
Gary Oldman dá vida a Winston Churchill, polêmico primeiro ministro britânico, com pouco tato e com ideias que iriam além do seu tempo. Sua visão estava sempre no futuro.
Que o Oldman é competente eu já sabia, acho fantástico como ele absorve o imaginário dos personagens e nos conta (mesmo que em rápidas cenas) o que acontece em uma vida inteira, podemos destacar o que ele fa…

Sucesso! Por Adamo Brasil

Imagem
É bem sucedido o milionário que investiu seu tempo e seus recursos para chegar a esse ponto.
São bem sucedidos os pais que sonharam com o filho que nasceu após alguns meses.
O sucesso também chega àqueles que não atingiram seus objetivos, mas deram um novo significado para aquele ponto e seguiram a vida.

Uma das coisas que mais me deixa reflexivo em tempos atuais é como as pessoas querem fatiar suas vidas em metas e objetivos.
A essência de viver foi reduzida a um prazo, uma descrição bem feita dos seus sonhos e um plano para chegar lá. Eu mesmo ensino condições de boa formulação de objetivos em algumas aulas, só não recomendo que as pessoas transformem suas vidas nesse processo.

Sempre quando emprestamos um comportamento à nossa identidade, e essas atitudes se confundem com quem somos, caímos em um pântano arriscado que nos amarra por anos seguidos.

Existem dias que me sinto extremamente bem sucedido, outros percebo o quanto estive longe desta palavra e desta sensação, mas nem um se…

O desafio do relacionamento interpessoal é a superação de si mesmo

Imagem
Eu tenho ouvido muita coisa interessante em minha vida: "Meus pais não me entendem". "Aquele meu ex é um idiota". "Não suporto aquele colega metido". "Ai, minha chefe é uma besta". "Aquela moça só faz besteira". "Não tenho paciência com esse menino, meu Deus!".
São questões recorrentes dos relacionamentos humanos, situações de incômodo, desentendimento ou confronto que permanecem anos a fio até que chegam a um ponto de ruptura. Crises familiares, desentendimentos entre vizinhos, brigas de colegas, conflitos entre corporações ou torcidas organizadas e guerras.
"Gente é bicho difícil", eu digo, contemporizador, mesmo sabendo que, na verdade, não é. Eu mesmo nem gosto de usar a palavra "difícil". Já dizia meu amigo Thiago Costa, "Quando alguém me pergunta "É difícil?", eu respondo: 'é difícil' é um prédio alto". 
Traduzindo do Penelês (linguagem nativa dos estudiosos da Programaçã…

Desafios dos Relacionamentos Interpessoais - Por Ícaro

Imagem
Relacionamento é o ato de adquirir e manter relações. Penso que um dos primeiros desafios que encontramos em nossos relacionamentos é acreditar que existem relacionamentos sem desafios.
A ideia de que existem relacionamentos perfeitos, sem conflitos, em total equilíbrio pode ser bem frustrante, pois a relação interpessoal envolve no mínimo duas pessoas, ou seja, dois universos diferentes, duas maneiras únicas de pensar, agir, interpretar a vida. E quando o indivíduo percebe a imperfeição do relacionamento, tende a culpar o outro. É como se eu culpasse o outro por ele não ser o que eu quero que ele seja. Eu o culpo por ele não corresponder as minhas expectativas. É bem absurdo, na minha opinião. Mas mesmo achando absurdo, às vezes me percebo pensado e agindo assim. Talvez você também.
Mas, se me percebo pensado assim, cobrando do outro mais do que ele pode me dar, posso procurar desenvolver consciência para compreender a situação de uma maneira diferente, com mais recursos.
Outra idei…

Desafios dos relacionamentos interpessoais - Por Adriana Tavares

Imagem
Ao me deparar com o tema proposto para o texto, fiquei em dúvidas se eu realmente saberia do que se trata, porque falar daquilo que conheço minimamente tem sido por si só um desafio, mas discursar sobre algo que desconheço é ainda mais complexo e ao meu ponto de vista uma tarefa inútil.
Busquei referências para adentrar no mundo esmiuçado das relações interpessoais, e os conceitos esbarram exatamente no que as palavras remetem: relações entre pessoas.
Até aí ok, pensei, sou uma pessoa e me relaciono minimamente bem com outras pessoas; e porventura quando me percebo enjaulada em divergências, diferenças, conflitos, preconceitos (sim também os possuo), e todas as narrativas de caráter negativo nessas relações, crio o conceito de desafios.
Porém como seres egoístas que somos sempre atribuímos esses desafios aos outros, visto nossa triste incapacidade de assumir as faltas e falhas. E esse déficit de habilidade em carregar o que é nosso; seja bom ou ruim, chamamos de desafios da relação intr…

O inconsciente em nossas relações, por Adamo Brasil

Imagem
Desde os primeiros dias de nascido aprendemos a interagir com as pessoas e com o meio.

Choramos para nos comunicar, abrimos os olhos e recebemos rajadas agressivas de luz, sendo necessário se habituar, se acostumar com a nossa visão. Nossos pulmões se abrem involuntariamente, absorvemos o ar ao nosso redor e expelimos substâncias de volta ao meio.

Assim vamos aprendendo a deixar nossa fase egóica e entender que há um mundo ao nosso redor, vamos nos deparando com o princípio da realidade, e isso nos frustra, como nos conta muito bem o Dr. Donald Winnicott. No decorrer da vida vamos criando padrões e estabelecendo parâmetros que serão repetidos involuntariamente por nossa mente, vamos filtrando o mundo de acordo com aquilo que elegemos (conscientemente ou não) como significativo.

Olhamos para um colega de trabalho e o enxergamos nosso filho, olhamos para nosso filho e projetamos nossos cônjuges, esses por sua vez representam nossos pais e assim sucessivamente. Confundimos em diversos n…

Medo como Água, por Uiara Francelino

Imagem
Segundo a Medicina Tradicional Chinesa reside em nós a manifestações dos 5 Elementos ou Movimentos da natureza. Eles são Água, Fogo, Terra, Metal e Madeira, tendo cada um destes elementos relação com órgãos, vísceras e tecidos do nosso corpo. Além da manifestação da energia deles no corpo físico, existe a relação com nossas Emoções, onde cada elemento tem uma Emoção relacionada.

Agora quero contar um pouco para vocês sobre o elemento Água e a sua estreita relação com uma emoção muito presente em nossas vidas... o Medo. O elemento Água nos proporciona fluidez, flexibilidade e é responsável por estocar toda a nossa Essência, energia responsável por muitas coisas no nosso organismo, incluindo a Força da Vida, nossa força de vontade que nos impulsiona a viver. O Medo é a emoção oposta a essa força que existe para nos manter em equilíbrio.

Quem nunca sentiu Medo? Ter determinadas emoções é uma reação normal... o problema existe quando elas são demasiadas. E uma coisa é bem interessante qu…